Paulo Roberto Feldmann possui graduação em Engenharia pela Universidade de São Paulo (1972), mestrado em Administração pela Fundação Getúlio Vargas - SP (1979) e doutorado em Administração de Empresas pela Fundação Getúlio Vargas - SP (1987). Tem experiência na área de Administração, com ênfase em Negócios Internacionais, atuando principalmente nos seguintes temas: tecnologia, competitividade, aumento de produtividade, produtividade em desenvolvimento de software e estratégia empresarial.

Paulo Feldmann destaca a importância das pequenas empresas no cenário brasileiro em 2011 e ressalta, em contrapartida, a evidente falta de incentivos e o ambiente hostil para os pequenos negócios quando o Brasil é comparado a outros países.

O Doutor explica ainda que esse fato é conseqüência da histórica política brasileira de deixar o mercado resolver seus próprios problemas, o que funciona muito bem para os grandes negócios, mas deixa os pequenos em uma situação precária. Nesse sentido os incentivos do governo brasileiro às MPEs, que na maior parte dos casos se restringe ao contexto tributário, não são suficientes para o pleno desenvolvimento dos pequenos negócios. Para corroborar essa afirmação, Paulo Feldmann destaca diversas políticas públicas utilizadas pela Itália para incentivar suas MPEs a exportar. Como resultado dessas políticas, 43% das exportações italianas são realizadas por MPEs enquanto no Brasil esse percentual é de apenas 1%.

O Professor elenca algumas ações necessárias para auxiliar no desenvolvimento das MPEs brasileiras, como, por exemplo, o incentivo ao associativismo para exportação presente na Itália. Outra ação defendida pelo professor é a inclusão no currículo do ensino médio de disciplinas voltadas ao empreendedorismo como ocorre em vários países desenvolvidos que possuem boas estatísticas referentes às micro e pequenas empresas.

Paulo Feldmann explica que 75% das empresas brasileiras são fechadas antes de completarem cinco anos de existência. Esse fato, na maior parte dos casos, é em decorrência de má-gestão e, por isso, o professor aconselha o futuro empresário a buscar informação e instrução para iniciar seu negócio, destacando como boas fontes de instrução as revistas brasileiras de negócios e os cursos disponibilizados pelo SEBRAE.

Outra importante ação para o desenvolvimento dos pequenos negócios destacada pelo professor Paulo Feldmann é a necessidade de criação de novas linhas de crédito destinadas às MPEs e diminuição dos juros das linhas já existentes.

 

Seja o primeiro a comentar

Resposta enviada. Aguardando aprovação.

500

Enviar comentário