A Confederação Nacional da Indústria - CNI divulgou a sondagem especial  "Financiamento para Capital de Giro".

Nesta sondagem, é identificada uma piora nas condições de financiamento da indústria, em virtude da atual crise político-econômica. Nos segmentos industriais da extrativa, transformação e construção, 53% das empresas que afirmaram ter renovado suas linhas de crédito, o fizeram em piores condições.

Paralelamente, 35% das empresas que procuraram contratar ou renovar linhas de crédito para capital de giro nos últimos três meses não conseguiram. Das que contrataram ou renovaram, aproximadamente 40% obtiveram apenas parte do valor solicitado.

A sondagem também identificou que as pequenas empresas foram as que menos buscaram financiamento para capital de giro nos últimos três meses.

Entre as pequenas, 43% não procuraram contratar ou renovar linhas de crédito, percentual superior aos 34% verificado entre as indústrias de médio e as de grande portes. Isso indica que muitas indústrias de pequeno porte se sentem desestimuladas a procurar empréstimos e parte significativa das que procuram tem seus pedidos negados.

Das pequenas que procuraram crédito para capital de giro, 40% não conseguiram, percentual igual ao observado para as empresas de médio porte. Nas grandes, o percentual das que não obtiveram o financiamento cai para 28%.

Não obstante, 61% das pequenas afirmaram ter recebido o valor solicitado integralmente ao contratar ou renovar a linha de crédito. O percentual cai para 51% entre as médias e para 57% nas grandes empresas. Além disso, 44% das pequenas afirmaram ter renovado as linhas de crédito em piores condições nos últimos três meses. O percentual sobre para 55% entre as médias e para 57% nas empresas de grande porte.

O contexto mais favorável às pequenas que captaram crédito é resultado da oferta de linhas de financiamento exclusivas e com melhores condições para os empreendimentos de menor porte. Além disso, o maior percentual de pequenas empresas que não buscaram crédito sugere que as empresas ao perceberam maior dificuldade na obtenção sequer buscaram crédito. Esses dois fatores podem explicar a maior taxa de sucesso das pequenas com relação às grandes.

Veja em anexo o estudo completo da CNI. 

Anexos

Sondagem CNI - Financiam capital de giro (1,43 MB)
Recomende este artigo
VOLTAR PARA DOCUMENTOS

Seja o primeiro a comentar

Resposta enviada. Aguardando aprovação.

500

Enviar comentário