Entre os que participarão do evento estão os presidentes da Fiesc, Glauco José Côrte; da Federação das Associações Empresariais de SC

 

 

Encontro na manhã desta quinta, na sede da Federação das Indústrias do Estado (Fiesc), em Florianópolis, permitirá a lideranças empresariais catarinenses apresentar prioridades do setor ao secretário especial da Micro e Pequena Empresa do governo federal, José Ricardo Veiga. O evento é organizado pelo Conselho Estadual de Jovens Empreendedores (Cejesc), mas terá participação de peso das entidades. Segundo o diretor do Cejesc, Antônio Carlos Guimarães, os maiores entraves para pequenas empresas são a complexidade tributária, insegurança jurídica na área trabalhista e falta de crédito acessível.

Entre os que participarão do evento estão os presidentes da Fiesc, Glauco José Côrte; da Federação das Associações Empresariais de SC (Facisc), Ernesto Reck; da Confederação Nacional dos Jovens Empresários, Guilherme Gonçalves; da Federação das Associações de Pequenas Empresas de SC (Fampesc), Alcides Andrade, e o presidente do Cejesc, Ricardo Schram. 

 

Jovem servidor de carreira da Caixa, José Veiga tem mostrado que entende os entraves das pequenas empresas e se empenha em derrubá-los. Guimarães ressalta que o incentivo à pequena empresa é o que vai colaborar mais para abrir empregos. 

Arrocho do fisco
Entre os setores que recebem atenção de força-tarefa da Secretaria de Estado da Fazenda estão os de materiais de construção e têxtil. Em maio, a arrecadação deles cresceu 15% e em junho, 27%. Isso é o resultado do monitoramento de 800 contribuintes pelos 80 auditores do Grupo Regional de Ação Fiscal. Quem não se adaptar até setembro poderá ser multado. A próxima ação será em restaurantes. 

 

Fonte: Clic BS

Recomende este artigo
VOLTAR PARA NOTÍCIAS

Seja o primeiro a comentar

Resposta enviada. Aguardando aprovação.

500

Enviar comentário