Fonte:

Elaboração SEBRAE, com dados da Receita Federal

Análise:

Nos anos de 2015 e 2016, as baixas de MPE e MEI cresceram significativamente. As baixas acumuladas até ago/16 representam 78% das baixas totais de 2015 e 140% das baixas totais de 2014.
Recomende este artigo
VOLTAR PARA INDICADORES DAS MPES